Dois_Amigos

Dois amigos – Caminhos da música

Peter e John eram dois amigos, guitarristas que se conheceram numa loja de instrumentos onde trabalhavam durante o dia. Nos finais de semana a noite, eles dividiam o palco se apresentando pelos bares da região. Peter sempre convidava o amigo para se divertir depois dos shows, mas John sempre dizia que precisava guardar seu cachê, pois tinha planos de gravar seu próprio álbum. Ele até queria gravar com a banda, mas como Peter nunca teve interesse, resolveu gravar sozinho. Iguais no palco, distintos em seus projetos de vida.

Peter dizia: Viva intensamente a cada dia como se fosse o último seguindo suas vontades.

John dizia: Viva como se estivesse edificando uma torre, cada tijolo anuncia o futuro.

Peter se sentia muito cansado na segunda-feira e convidou John para pedirem demissão juntos da loja de instrumentos, mas ele decidiu ficar. O amigo que vivia intensamente investiu toda a grana da rescisão na guitarra dos seus sonhos.

Durante a semana os dois tocavam sozinhos em dias diferentes no mesmo bar, Peter escolheu a quinta pois sexta ele gostava de sair, e John ficou com a sexta.

Nas quintas, Peter sempre passava no bistrô que John fazia um bico servindo café para complementar o orçamento e o discurso dele era sempre o mesmo. Porque trabalhar tanto? John sempre um tanto mais calado com um sorriso tímido servia um café.

Nas sextas ao meio dia John almoçava rápido para aproveitar seu intervalo a fim de se apresentar numa praça próximo a loja para vender seu CD, Peter nunca aparecia pois ainda estava dormindo nesse horário. Na parte da noite John chegava pontualmente em seu compromisso profissional, nunca gastava seu cachê com consumação e sempre dava atenção a todos depois do show.

Então o grande sonho de John se concretizou, conseguiu uma bolsa para fazer faculdade de música na capital. Os dois se despediram e dali em diante seguiram por caminhos distintos.

Dois_Amigos

Vinte anos se passaram…

O que se falava na velha loja de instrumentos que Peter foi obrigado a retornar depois que as coisas apertaram era sobre a grande apresentação do músico conhecido em todo o país que voltara a cidade natal após vinte anos. No dia do show Peter estava lá, pensativo, encostado no balcão do bar que ficava nos fundos. Ele ouve a seguinte pergunta.

_Peter, esse cara aí não era o rapaz que tocava com você naquela banda? O que aconteceu?

Ele resolveu ir pelo caminho fácil, se vendeu para a grande máquina da fama, virou POP.

 

FOTO-COM-OUTRO-FUNDO-MAIOR-300x300 Ari Frello iniciou suas atividades no universo musical tiveram início primeiramente nos bastidores, como guitarrista, violonista, gaitista, cantor, compositor, arranjador e produtor musical em estúdios de gravação a partir de 2000, professor de música em 2002 e em 2008 deu início a sua carreira artística. Pouco tempo depois, suas apresentações já haviam se estendido por mais de 30 cidades pelo Brasil e Argentina. Sua carreira conta com três álbuns autorais, “PRA ONDE EU FOR”, “A SIMPLE MAN UNTIL THE END” e “NO CAMINHO”. Hoje, Ari Frello faz parte da nova geração de artistas do Brasil que têm sido referência de boa música. Atualmente está em temporada de divulgação do seu novo álbum Ari Frello One Man Band Take 01 com os clássicos interpretados por ele nos shows.

Me acompanhe em minha mídias sociais   

social-media-01     social-media-02     social-media-03

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *